【DOR DE CABEÇA】Como Tratar e Aliviar Dor de Cabeça?

 

 

Dor de cabeça vêm em todas as formas e as dores de cabeça frontais ou dores de cabeça na testa acabam sendo algumas das mais comuns.

A dor é frequentemente sentida na testa e é chamada de cefaleia frontal.

Pode ser isolada em um ponto ou espalhada por toda a testa.

Ela também pode se espalhar para todo o rosto, causando completa debilitação até que a dor de cabeça sintomas tenha se resolvido.

As cefaleias frontais podem estar associadas a outro tipo de cefaleia, denominada cefaleia temporal, que afeta os lados do crânio.

Enquanto isso é geralmente de curta duração, pode ocorrer várias vezes.

Dores de cabeça frontais podem persistir por dias ou semanas, mas isso não é muito comum.

As dores de cabeça podem ser causadas ​​por muitas coisas, por isso é importante avaliar dores de cabeça frontais, juntamente com outros sintomas.

Enquanto a maioria dos casos de uma cefaleia frontal não é grave, a intensidade da dor é um bom indicador de uma condição subjacente é uma causa.

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

 

Quer ver depoimentos e dicas sobre Dor de Cabeça

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

(VÍDEO) → 6 Formas de se Livrar de uma Dor de Cabeça

 

Causas comuns para dor de cabeça frontal

Tensão ocular

Olhar constantemente para luzes fortes ou o uso excessivo dos olhos é um problema comum que leva ao cansaço visual, que pode resultar em uma dor de cabeça frontal ou em uma dor de cabeça na testa.

A maioria das pessoas está olhando para telas de computador por longos períodos de tempo no trabalho apenas para voltar para casa e olhar para mais telas.

Isso se soma a períodos excessivamente longos de tempo que os globos oculares estão olhando para telas iluminadas.

 

Seios

A cavidade sinusal está localizada na porção anterior do crânio.

É composto de grandes espaços ocos cheios de ar localizados atrás do nariz no meio do rosto.

Quando esta área fica infectada ou congestionada, pode levar a um tipo de dor premente e causar o desenvolvimento de uma dor de cabeça.

 

Estirpe muscular

Causa de dores de cabeça agudas que ocorrem repentinamente.

Espasmos musculares ou contração do músculo da testa podem causar dor que pode irradiar para fora, levando a uma dor de cabeça.

Dores de cabeça devido a tensões musculares também são conhecidas como dores de cabeça tensionais e apresentam-se como uma dor em forma de faixa na testa.

A dor pode piorar durante o dia e aliviar depois de descansar um pouco.

As tensões musculares podem ser causadas por estresse, cansaço, má postura ou mesmo desidratação.

 

Enxaqueca

Uma condição médica que é caracterizada por dores de cabeça frequentes, com dores de cabeça na testa sendo uma possível apresentação.

Existem várias razões pelas quais uma pessoa pode experimentar uma enxaqueca, como alterações nos níveis de hormônios no cérebro ou outros fatores ambientais.

Cefaleias frontais associadas à enxaqueca podem ser acompanhadas por outros sintomas como visão turva, náusea, vômito ou tontura.

 

Outras causas de uma dor de cabeça frontal incluem:

– Dor na mandíbula ou no pescoço

– Alergias

– Insônia ou outros distúrbios do sono

– Certos alimentos como: carnes com nitratos

– Álcool: especialmente vinho tinto

– Desidratação

– Depressão e ansiedade

– Mudanças climáticas.

Sintomas associados a uma dor de cabeça frontal

Uma cefaleia frontal geralmente será acompanhada por sinais e sintomas adicionais da condição subjacente.

Por exemplo, se um paciente tiver uma infecção por sinusite, sintomas nasais adicionais também estarão presentes.

É importante lembrar que uma dor de cabeça não é uma doença, mas um sintoma.

A seguir estão alguns dos sintomas associados que acompanham uma dor de cabeça frontal:

– Vermelhidão dos olhos, queimação e lacrimejamento

– Visão turva ou dupla

– Congestão nasal

– Coriza e espirros

– Tom nasal para a voz

– Dor facial, dor no nariz, dor nas bochechas, dor no maxilar

– Náusea e às vezes vômito

– Tontura.

Quando procurar ajuda para dores de cabeça frontais

Embora nem todos os casos de dores de cabeça frontais exijam a ajuda de um profissional médico treinado, pode valer a pena ver um deles se você estiver sentindo dor intensa.

Ter dores de cabeça por longos períodos que é motivada pela preocupação e deve ser examinada por um médico.

Se você tiver uma dor de cabeça súbita e grave que é nova e persistente, recomenda-se ir imediatamente ao departamento de emergência.

Estas são chamadas de dores de cabeça secundárias e pode ser o resultado de uma lesão na cabeça recente que você sofreu.

Se você desenvolver uma dor de cabeça severa de repente e tiver mais de 50 anos, consulte um médico, é altamente recomendado.

Você também deve consultar um médico se tiver dor de cabeça e qualquer um dos seguintes:

– Um torcicolo

– Febre

– Vômito

– Confusão

– Fraqueza

– Visão dupla

– Perda de consciência

– Falta de ar

– Convulsões.

Como diagnosticar uma dor de cabeça frontal?

Grande parte do diagnóstico de uma cefaleia frontal virá do próprio paciente, pois descrevem os tipos de dor experimentada e a frequência do início.

Muitas vezes, isso fornecerá pistas adicionais ao médico que sugerem uma possível causa subjacente para o seu caso particular de dor de cabeça frontal.

A realização de exames adicionais como uma ressonância magnética ou tomografia computadorizada ajudará a identificar as estruturas cerebrais e a descartar possíveis causas, levando à causa real.

Como tratar uma dor de cabeça frontal

A dor sentida na parte frontal da cabeça pode ser bastante debilitante.

Dependendo da sua causa subjacente específica, as opções de tratamento variam.

Uma vez que o médico tenha realizado todos os testes necessários para descartar as causas mais letais, ele prescreverá medicação para dor de cabeça comumente usada.

Esses incluem:

– Drogas para aliviar a dor

– Relaxantes musculares

– Opiáceos

– Antidepressivos tricíclicos

– Anticonvulsivantes

Mudanças de estilo de vida também serão recomendadas. Isso inclui evitar a fadiga ocular excessiva, reduzindo o número de horas olhando para telas brilhantes.

Se isso não puder ser alcançado, recomenda-se fazer uma pausa a cada hora durante cinco ou dez minutos de cada vez, para evitar que os olhos fiquem tensos.

– Exercícios de alívio de dor de cabeça também podem ser recomendados.

– Encontrar tempo para relaxar e reduzir o estresse também é sugerido.

– Evite os gatilhos de dor de cabeça, é uma ótima maneira de ajudar a reduzir os episódios.

– É aconselhável estabelecer uma rotina diária que inclui a obtenção de refeições regulares e muito sono.

Se você tentou o seu melhor para reduzir a dor causada e não obteve sucesso, visitar o seu médico é a sua melhor aposta.

ATUALIZADO: 22.05.18

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × três =